Av. Dr. Lauro Corrêa da Silva, 5000 – Jd. Do lago. Limeira - SPatendimento@osti.com.br(19) 3451-6450
01
jul
O Ano de 2020 e os aumentos do Aço

Tratamento Superficial de Oxidação Negra

O tratamento superficial em oxidação negra é um tipo de acabamento para materiais de aço. Assim, tal procedimento é aplicado quando os materiais a serem revestidos exigem proteção contra qualquer tipo de adversidade. Além disso, a oxidação negra possibilita que a peça tenha aspecto visual e mais bonito.

O que é oxidação negra?

O processo industrial chamado oxidação negra consiste na produção de um filme de óxido de ferro preto uniforme e aderente à superfície que oferece proteção contra a corrosão, sem, contudo, alterar as dimensões e as propriedades físicas ou mecânicas da peça tratada.

Aliás, vale lembrar que a oxidação negra possui certas características que a tornam ideal para determinadas aplicações, com bom acabamento, além de ser uma técnica eficaz e de baixo custo.

Então é importante dizer que o processo de oxidação negra oferece um acabamento que, além de decorativo, aumenta a resistência do material tratado, especialmente a corrosão.

Por esses motivos que a oxidação negra é bastante usada na indústria mecânica, podendo ser aplicada de forma simples, econômica e segura.

O processo de oxidação negra

Existem diversas formas de gerar a oxidação negra em metais, como parafusos, barra roscada, haste roscada, parafuso estojo, porcas, arruelas e outros fixadores, com banho quente, de temperatura média e de revestimento frio.

Note-se, dessa forma, que a oxidação negra oferece benefícios como:

. uma maior resistência à corrosão;

. um tratamento bastante imperceptível, por possuir espessura fina, sendo uma excelente alternativa para a proteção contra a corrosão.

A aplicação da oxidação negra pode ser realizada em:

. motores;

. peças automotivas;

. diversos tipos de maquinários.

Quais materiais podem receber o óxido negro?

Os principais materiais nos quais se aplica a oxidação negra são:

. aço inoxidável;

. zinco e cobre;

. ferramentas de corte;

. moldes, molas e fixadores;

. corpos de válvula;

. porta ferramentas;

. correntes e rodas dentadas;

. engrenagens e parafusos;

. componentes e blocos de máquinas hidráulicas;

. barra roscada, haste roscada, chumbador para concreto;

. ferramentas manuais e de máquinas, dentre outros.

Portanto, se a sua indústria precisa realizar este procedimento, venha nos fazer uma visita!

A OSTI tem toda expertise para aplicar essa tecnologia de forma eficiente e segura, fale conosco!

 

Veja também

08
dez

Como economizar em uma obra

Como economizar em uma obra. Este ano, muitas pessoas decidiram investir na construção. Porém, quem começou a construir, deve ter notado alguns aumentos nos preços. E […]

Leia mais
09
nov

Fuso e Porca TR8 x 2

Fuso e Porca TR8 x 2. O fuso trapezoidal de diâmetro de 8 mm, com passo de 2 mm, tem sido um componente que tem ganhado […]

Leia mais
01
fev

Como entender a classificação SAE?

Como entender a classificação SAE? Antes de tudo, existem muitas combinações de ligas de aço. Desse modo, cada tipo de aço é adequado para um certo […]

Leia mais